Tem vários filmes brasileiros completos no YouTube. Assista antes que saiam do ar!

Uma playlist com centenas de filmes brasileiros completos ganhou muita popularidade nos últimos dias. Também, não é para menos: a lista traz desde grandes clássicos do cinema nacional – como Deus e o Diabo na Terra do Sol, O Pagador de Promessas e Central do Brasil – até longas mais recentes, como VIPs.

O sucesso repentino da lista chamou a atenção da Associação Brasileira de Cineastas, que enviou carta à Ancine pedindo que o órgão notifique e puna o YouTube por veicular os filmes “sem autorização ou remuneração dos seus proprietários”. Na última sexta, a Globo Filmes já havia conseguido tirar do ar duas produções suas, O Auto da Compadecida e Caramuru.

Em entrevista à Folha, o criador da lista, Eduardo Carli de Morais, diz não ter recebido qualquer notificação do YouTube. “Só recebo o informe quando um vídeo que integra alguma de minhas listas é excluído. Se a tendência continuar, grande parte desse material que agora está disponível será ‘exterminado’, pelo menos até que brote de outro usuário”, diz ele.

Cena de Última Parada 174, o filme mais assistido da lista de reprodução no YouTube

Particularmente, penso que não deveria haver empecilhos em disponibilizar obras mais clásssicas, de difícil acesso – como Vidas Secas, de 1963. O problema é quando filmes recentes, que ainda nem fizeram carreira em DVD ou Blu-Ray, aparecem no meio. Ainda assim, a disponibilidade no YouTube é uma forma de facilitar o acesso a muitos filmes que inevitavelmente cairiam no ostracismo após suas carreiras comerciais.

Um caso emblemático é o do filme Falsa Loura, de Carlos Reichenbach: ele atraiu cerca de 12 mil espectadores quando foi lançado nos cinemas, em abril de 2008. No YouTube, já passou de meio milhão de visualizações. O filme mais assistido de todos, entretanto, é Última Parada 174, de Bruno Barreto, que já beira os 700 mil acessos – contra um público de 377.567 pessoas no ano do seu lançamento.

Bom, a dica foi dada. Agora resta a você assistir aos filmes antes que apaguem as luzes do cinema!

2 Comentários

  1. Andrea Courier

    Tem “Cinderela Baiana” rsrsrss



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity