Pinturas e desenhos digitais: a arte em pixels

Um computador é uma ferramenta poderosa para qualquer artista. Com ele ganhamos uma nova forma de desenhar e pintar, podemos simular diversas técnicas e criar efeitos magníficos. Claro que o computador e seus aplicativos de pintura não substituem os métodos tradicionais, apenas acrescenta. Podemos achar pela internet desenhos e pinturas digitais incríveis que até então não poderiam ser criadas de nenhuma outra forma.

No deviantART, uma gigantesca comunidade online de artistas do mundo todo, podemos compartilhar, conhecer e até vender trabalhos. Sem dúvida uma das principais referências pra qualquer artista digital.

Já no CGSociety, outra comunidade online de artistas, você toma um tapa na cara ao navegar pelos portfólios ou pelo seu famoso fórum CGTalk. É uma fonte de artistas extremamente talentosos onde você pode aprender muito e acompanhar notícias sobre arte digital.

Photoshop, “o fodão” da arte digital

Sem dúvida, o Photoshop é a mais importante e usada ferramenta dos artistas digitais. Com uma curva de aprendizado muito pequena, é muito fácil começar a rabiscar nele e fazer coisas legais (só não vale fazer fogo azul no fundo da sua foto para postar no orkut). Podemos trabalhar com camadas e organizá-las da melhor forma, simular técnicas de pintura e até brincar com algum 3Dzinho.

Os fodões não muito conhecidos

O Painter também tem um papel muito importante na pintura digital, com seus pincéis realistas e texturas de papel. Diferente do Photoshop, que é uma ferramenta “faz tudo”, seu foco principal é a pintura digital.

Com o Art Rage, você consegue simular diversas ferramentas de pintura, telas e papéis com um resultado muito realista. Ele não é tão popular, mas é muito poderoso.

Sketchbook Pro tem o mesmo propósito dos anteriores e possui muitas ferramentas legais pra desenhar no computador, mas um dos seus principais destaques é, sem dúvida, a parceria com a Too, fabricante das famosas Copic Markers, onde podemos simular seus marcadores e usar suas mais de 300 cores.

Ferramentas

Uma das ferramentas necessárias para se pintar no computador é uma tablet, onde se destacam as marcas Genius e Wacom – sendo esta a principal. Um de seus modelos, a Cintiq, é sem dúvida o grande destaque e o sonho de qualquer artista digital: uma tablet onde você desenha direto na tela! Como as tablets da Wacom são um pouco caras, quem estiver com a grana curta pode optar por uma Genius, que dá conta do recado.

Pintando no iPad

Existem diversos apps de pintura digital para iPad. Além do Photoshop, que acabou de chegar na App Store – e não funciona no primeiro iPad –, eis alguns dos que mais se destacam:

O Brushes oferece diversos brushes e ferramentas para pintar no tablet. O seu destaque principal é a possibilidade de passar o seu desenho para o computador em até 6x o tamanho original ou gerar um vídeo da pintura, passo a passo, até seu fim.

O Sketchbook Pro, assim como sua versão para desktop, tem a maioria de suas funcionalidades, mas é um pouco mais simples e não possui as Copics. Não deixa de ser uma excelente ferramenta.

O Art Rage também tem sua versão para iPad e, assim como o Sketchbook Pro, é um pouco mais limitado.

O Bamboo Paper, da Wacom, vem para acompanhar a caneta Bamboo Stylus e oferece a possibilidade de criar seu caderninho de esboços, com opções básicas de desenho que funcionam muito bem com a caneta.

Gimp, o desprezado

Assim como o Photoshop, o Gimp é um poderoso editor de imagens e também pode ser usado para pinturas digitais, só que é ignorado pela maioria dos artistas por puro preconceito – talvez eles estejam tão acostumados com a ferramenta da Adobe que não têm paciência de aprender uma nova. Ele é open source, assim como o Linux e o poderoso Blender 3D.

Tem uma galera aqui do Mochila Binária que curte pintura digital e leva isso muito a sério. Um deles sou eu! :D

Abaixo, alguns desenhos nossos:

Velho Marujo esperando as estrelas, por André Reis. Veja mais desenhos em facebook.com/reispx

Desenho para a revista Mad sobre obesidade mórbida, por Victor Freundt. Mais em flickr.com/photos/freundt-art

Amy Winehouse, por Renato Cunha. Mais em renatoartes.wordpress.com

Até a próxima!

7 Comentários

  1. O.R.G.U.L.H.O!!!!!!!!!!



  2. Bruno

    Gênios!



  3. André Ribeiro Pires

    Caramba! As ilustras ficaram show de bola! Parabéns! Senti falta de alguma da Ludmilla… ;)



  4. muito foda. tenho muita vontade de aprender.
    (:



  5. helenilson

    Muito bom!Escolhi esse tema para a minha monografia,seria possível vc me conseguir mais materiais!desde ja agradeço.



  6. Legal, suas ilustrações. Sou fã incondicional do art rage, mas não conheço muito bem seus recursos. O que você me recomenda sobre esse assunto? Abços



  7. que legal que tudo



  8. Rogério

    Galera, sai fora da genius, joguei fora uma mesa digitalizadora por ter uma caneta com pilha que não funcionou mais, e quando funcionou o ponteiro ficou louco! WACON é a melhor, tem mais precisão! Até aquela Cth 460 fora de linha é superior a genius! Dificil será superar a Cintiq Wacon que é super cara mas fantástica!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity