Google Panda é lançado em Português: o que muda nas buscas?

Não é novidade pra ninguém que o Google é líder no mercado de buscas na web, ok! Todos sabem a importância de um site ser bem classificado nele: isto impacta no aumento de visitantes e, na maioria das vezes, no lucro. Resultados que podem ser medidos em forma de publicidade, produtos comercializados, branding ou qualquer outra forma de converter resultados para o cliente.

Para que esse posicionamento aconteça de forma positiva, é feito um constante trabalho na otimização do site, como o Chris comentou nesse post. Com a “descoberta” da importância do SEO, algumas práticas fizeram com que sites com conteúdo de baixa qualidade e relevância para a busca do usuário fossem listados pelo buscador.

Foi então que, para tentar solucionar esse problema e entregar ao usuário um conteúdo cada vez mais qualificado, o Google lançou no dia 24 de fevereiro – inicialmente só nos Estados Unidos – o que promete ser uma de suas maiores atualizações: o Google Panda.

O que muda nos resultados com o Panda?

O Google Panda é uma atualização nos algoritmos do mecanismo de busca. Um de seus objetivos é diminuir a relevância de sites de baixa qualidade, e destacar quem escreve conteúdo de verdade. Resumidamente, poderíamos dizer que sites de baixa qualidade seriam aqueles com claro objetivo de atrair apenas visibilidade, sem algum comprometimento com sua credibilidade. Além dos tradicionais copiadores de conteúdo de terceiros, e aqueles que só buscam obter lucro com publicidade/Adsense, gerando conteúdo às pressas sem se preocupar com o usuário.

No mês de abril, o Google Panda provocou as primeiras altas e baixas no mercado americano de Web Analytics, e hoje foi informado que já está disponível também aqui no Brasil. Ainda não se sabe como a atualização pode influenciar os resultados, já que o buscador não costuma divulgar dados aprofundados sobre o seu funcionamento – evitando assim que nerds inteligentes burlem mais essa.

Porém, já está sendo visto que a atualização defende bem a experiência do usuário com os resultados encontrados na busca, analisando o índice de rejeição, tempo na página, retorno de uma página para o buscador, tempo de carregamento, entre outros fatores ainda nebulosos.

A grande ideia (acredito eu) é cada vez mais construirmos uma internet com conteúdo de qualidade e rica em informação, onde os oportunistas não têm vez. Acho que até levantando a bandeira do “Se for fazer, faz direito”, tirando das primeiras páginas os espertinhos e destacando quem realmente se preocupa em fazer um bom trabalho, e sabe do que está falando.

E vocês, o que acharam do pandinha?

5 Comentários

  1. Pedro, meus parabéns! Eu li umas 4 notícias sobre o Google Panda (algumas excessivamente longas, aliás) e só entendi direitinho o que é qdo cheguei no fim do seu post.
    Já pode ser jornalista!!
    hahahahaha
    bjs a todos na equipe do Mochila



    • Valeu Flavia!
      Que bom que ficou claro! :)
      bjuu!!



  2. Pingback: Mudanças na SERP do Google :: Mochila Binária

  3. Pingback: Author Rank, SEO e Google Plus :: Mochila Binária

  4. Pingback: O que é o Google Penguin Update? :: Mochila Binária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity