Como foi a GDC 2013: minhas impressões sobre o evento

Como você já deve ter ouvido no último Mochilacast, em março eu estive na GDC 2013, em San Francisco. Foi a minha primeira vez no evento e também a minha estreia num congresso com mais de 20 mil pessoas. A GDC, para quem não sabe, é a Game Developers Conference – um evento internacional voltado para profissionais na área de desenvolvimento de games.

Apesar de ainda estarmos na categoria calouros na área de games, decidimos que participaríamos da GDC junto com parte da equipe da Mkt Virtual que anda bastante envolvida no assunto. Na caravana Santos – São Francisco (ou no eixo Atlântico – Pacífico) estávamos eu, Maurício, Fabio e Danilo.

Chegamos em San Francisco na segunda (18) à noite e pudemos conhecer um pouco a cidade e adjacências. Aproveitamos o tempo livre para trabalhar um pouquinho remotamente, conhecer os principais landmarks e fazer programas relacionados à área de tecnologia – afinal, San Francisco e as cidades próximas são um grande centro de inovação e basicamente o berço da revolução tecnológica da qual estamos fazendo parte.

Para se ter uma ideia, o lugar onde aconteceu a GDC é o mesmo onde Steve Jobs fazia suas antológicas apresentações de produtos. O Moscone é um complexo de prédios gigantesco (mais de 50.000 m² com vários andares, além de espaços subterrâneos). Para se ter uma dimensão do monstro, clique aqui.

Infelizmente eu acabei perdendo os dois primeiros dias da GDC pois estava participando de outro evento mais focado em negócios: o Game Connection, que também foi excelente. Nele fiz diversas reuniões, além de conhecer o pessoal do Brasil que estava por lá, incluido algumas empresas que admiro bastante: Aquiris, Behold, Tambor, PetitFabrik…

Cheguei na GDC no dia 27/03 e fui explorar o local. De cara, fui a uma exposição com games antigos do Videogame History Museum. Foi de chorar, pois o espaço apresentava desde arcades em pleno funcionamento, embalagens dos videogames e um Atari FUNCIONANDO à disposição do público para jogar – tudo ambientado com um sofá velho e uma TV de madeira correspondente à época! ♥

Meu maior interesse na GDC eram as palestras, onde senti que meu aproveitamento de conhecimento e insights foram realmente efetivos. Era tanta atividade que em um determinado momento tive que escolher entre seis delas, e isso porque eu estava limitando bastante para as categorias de negócios, criatividade e visual arts. Destaco três palestras que me marcaram muito: Awesome Videogame Data, Journey e Papo & Yo: The Story. Só por essas três falas o evento já valeu!

 

Sobre o evento

A exposição da GDC também é um prato cheio para os desenvolvedores: lançamentos, novas ferramentas, consoles, oportunidades de carreira, plataformas de desenvolvimento, brindes geek e gadgets.

Fiquei louca com uma tablet touch da Wacom de 24 polegadas que estava sendo exibida e lançada no evento. Coisa linda de se ver e de usar!

A Unity 3D estava com um estande enorme logo na entrada da feira, apenas confirmando todo o potencial da ferramenta (nós descobrimos ela em 2009 e ficamos mega entusiasmados quando desenvolvemos o game-experimento Webdesigner’s Wishes). A empresa vem firmando parcerias com as gigantes dos jogos e tinha games em demonstração para várias plataformas: PC, mobile, console…

Alguns estúdios de jogos triple A estavam na GDC Expo com um propósito diferente: recrutar equipe. As filas eram imensas nesses estandes, principalmente compostas por designers e artistas. Havia claramente uma super oferta de designers e uma super demanda de desenvolvedores. Não é surpreendente se compararmos com a realidade brasileira…

Ainda na feira, vale citar que os brasilienses do Behold Studios estavam expondo o premiado game Knights of Pen & Paper. Baita orgulho, hein?

Do ponto de vista de organização e conteúdo, o evento foi impecável. A internet funcionava perfeitamente (apesar do volume de gente), não havia super lotação de sala (salvo poucas sessões disputadíssimas), poucas filas, muitas tomadas e muitos espaços confortáveis para ficar durante os intervalos.

Se eu já tinha adorado o BIG Festival, imaginem o quanto eu curti a GDC. Foi simplesmente sensacional! :D

Para mais informações sobre o evento, não deixe de ouvir o Mochilacast #3. E fique ligado em nossa fan page que vamos postar um álbum de fotos do(s) evento(s) por lá! ;)

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity