Boas práticas de desenvolvimento também impactam o SEO

Eu posso citar vários atributos que um código precisa ter para que eu o considere de qualidade: eficiência, organização, elegância, flexibilidade, consistência e facilidade de entendimento.

Para ser fácil de entender, é necessário que o desenvolvedor siga determinadas “boas práticas” e padrões. Existem milhões de padrões por aí e o meu intuito nesse artigo não é discuti-los. Meu objetivo é apresentar (para quem ainda não conhece) o guideline do Google para HTML e CSS.

Esse guideline contém diversas diretrizes interessantes. Vou citar apenas um exemplo:

Utilize sempre caixa baixa

Com exceção de strings, todo o código deve estar em caixa baixa. Isso vale para nome de tags, atributos, seletores, propriedades, e por aí vai.

<!-- Não recomendado -->
<IMG SRC=”caminho-do-arquivo” />
<!-- Recomendado -->
<img src=”caminho-do-arquivo” />

Padronização e boas práticas de desenvolvimento não só ajudam na manutenção do código, como também, em muitos casos, impactam positivamente no SEO do site, visto que boas práticas geralmente implicam em melhor performance e semântica. Os crawlers “entendem” mais facilmente quando utilizamos elementos nativos do HTML. É muito melhor usar a tag <ul> para exibir listas ao invés de só uma div, por exemplo.

<!-- Não recomendado -->
<div class=”lista”>
  - item 1
  - item 2
  - item 3
</div>
<!-- Recomendado -->
<ul class=”lista”>
  <li>item 1</li>
  <li>item 2</li>
  <li>item 3</li>
</ul>

É dessa forma que você consegue dizer aos crawlers o que cada elemento significa dentro da sua página.

Outra boa prática: CSS no topo e JS no rodapé. Melhor performance de carregamento – o Google leva isso em consideração na hora de classificar a página.

Rapidamente, apresentei dois exemplos de como as boas práticas impactam no SEO do site.

Nunca é demais lembrar que SEO não é só otimização de código. Diversos outros fatores são determinantes para uma estratégia bem sucedida. Minha dica é sempre ficar por dentro das novidades que o Google vem nos trazendo, como por exemplo o Author Rank e as atualizações no algoritmo de classificação, como o recente Penguin Update.

Fica aí a sugestão. Até a próxima! ;)

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity