18 sites para você aprender a fazer tudo por conta própria

Faça um teste: abra seu navegador, mas não digite endereço algum. O que você vê?

Talvez a resposta a essa pergunta seja um divisor de águas entre aqueles que compreendem o poder de estar conectados e aqueles que ainda enxergam a comunicação como uma via de mão única. Enquanto alguns são absorvidos pelos buracos negros virtuais, como os grandes portais ou redes sociais, outros percebem que o navegador aberto é como uma porta para a maior biblioteca já construída pelo homem.

Quase todo o conteúdo intelectual já produzido por nossa espécie está na rede – só que, diferente das bibliotecas que vimos até então, agora temos livros que falam conosco. O poder de troca de conhecimentos criou um tipo de atitude, hoje muito difundida, conhecida como Do It Yourself (DIY), que nada mais é do que fazer você mesmo, botar a mão na massa. Ainda é um estágio inicial de um novo processo de aprendizagem, mas talvez seja a esperança de vencer as falhas dos nossos sistemas educacionais e, por conta própria, buscar uma educação que realmente nos faça sentido, orientada por nossas necessidades verdadeiras – e não uma lista de supostos conhecimentos padrão, que nem sempre servem para todos.

Selecionei alguns exemplos que podem facilitar sua busca por conhecimento e ajudar na hora de fazer as coisas saírem do papel. Confira!

 

Reparos e ajustes para o dia a dia:

1 - eHow

Um dos mais antigos sites com dicas de faça-você-mesmo. Tem uma seção chamada Money, que traz uma lista importantíssima de dicas para finanças, que abrange desde o orçamento básico do lar até o que fazer para ter mais sucesso na carreira. As categorias de moda e de saúde também se destacam.

2 – iFixit

O diferencial do iFixit fica evidente no nome: consertos. O site oferece ajuda para vários problemas, desde defeitos no seu iPhone até riscos na pintura do seu Mustang – se você tiver um, é claro. =)

3 - Instructables

Site com conteúdo produzido pelos seus usuários, com um porém: tem bastante conteúdo fácil e barato de fazer. Dicas para o dia a dia, sem precisar gastar muito dinheiro.

4 - Do it yourself

Talvez o mais completo da lista, com muito material para quem pretende fazer reformas e reparos em seu lar. Mas o site não se limita a isso, trazendo um menu recheado de categorias que vão de bater um prego na parede a analisar o mercado imobiliário para saber a hora certa de comprar sua casa.

 

Crowdsourcing & Crowdfunding

5 - Kickstarter

Já teve um projeto genial, que você sabia que seria um sucesso, mas nunca teve a chance de colocá-lo em prática? O Kickstarter pode salvar sua pele. De produtos eletrônicos a revistas em quadrinhos ou álbuns de bandas, o site oferece uma plataforma simples: qualquer um pode fazer seu projeto, dizer de quanto precisa para viabilizá-lo e, claro, convencer os outros membros a gastar sua grana naquele projeto. Cada valor de doação tem um tipo de recompensa para o investidor, desde amostras do produto final até personagens exclusivos em filmes ou livros. O site também tem representado um alívio para bandas que não conseguiam bancar seus discos e agora estão mais próximas dos fãs, a ponto de poder pedir financiamento para eles. Nada mais justo!

6 - Projetos de Garagem

Uma iniciativa da Inesplorato e da IdeaFixa, que partiu de um pressuposto interessante: pessoas felizes têm mais capacidade de desenvolver projetos transformadores para a sociedade e alguém feliz precisa de um projeto em que acredite. É aí que entra a curadoria dos Projetos de Garagem, que selecionou oito propostas entre mais de 300 inscrições. Os projetos selecionados serão viabilizados através de plataformas de de crowdfunding.

7 - Ativa Aí

O site oferece a chance do fã bancar o show. Os eventos são divididos em cotas, que quando atingem o número estipulado viabilizam o show. Muita coisa legal tem sido realizada pelo site, dando a chance de artistas independentes ou com menos exposição se apresentarem por estas bandas.

8 - Zooppa

Rede social de artistas gráficos que criam campanhas ou peças publicitárias em concursos lançados pelo próprio anunciante, que determina o valor a ser pago e informa as expectativas, assim todos podem participar. Geralmente as marcas oferecem recompensas para mais de um usuário, como uma forma de comprar ou registrar ideias para o futuro.

 

Geeks

9 - GitHub

No GitHub, desenvolvedores compartilham seus códigos e contam com uma comunidade muito comprometida com feedbacks e discussões que possam aumentar o conhecimento dos envolvidos.

10 - Make

Site da revista Make, especializada em dicas para nerds. Tem todo tipo de dicas envolvendo tecnologia – desde como fazer uma tigela de pedra até um poncho aquecido com baterias.

 

Design e decoração

11 - Design Sponge

O Design Sponge, além de ter uma curadoria fantástica de mimos para o lar, tem seções muito legais, como a Before&After, que mostra reformas antes e depois, além da DIY, que é o espaço do site que ensina a botar a mão na massa. O site tem uma enorme lista de categorias e você pode procurar até pelo tipo de produto ou material que pretende usar.

12 - DeviantArt

A maior e mais antiga comunidade de artistas na web. O site oferece desde um portfólio para o artista até uma loja onde ele pode vender produtos com suas artes para outros membros da comunidade. Uma das seções mais importantes do site é a de tutoriais, que abrangem desde técnicas de fotografia até pintura digital ou artesanato. Artistas consagrados na comunidade e fora dela compartilham seus segredos num ambiente onde as críticas construtivas são uma regra.

 

Publicações

13 - blurb

O blurb virou uma sensação quando ofereceu para qualquer pessoa a capacidade de fazer seu próprio livro, com a simplicidade do tutorial estilo breadcrumbs, em que o usuário faz cada etapa do processo, desde a escolha do conteúdo até o tipo de material ou diagramação. Existem planos para todos os bolsos, e você pode fazer quantos livros quiser, mesmo que seja apenas um.

14 - Issuu

O Issuu é uma proposta de publicação on-line grátis. Você sobe um arquivo do seu computador e ele o transforma numa dessas revistas folheáveis. Bem legal, pois além de visualizar no Issuu, você também pode embedar a revista em seu site ou blog.

 

Línguas

15 - LiveMocha

O LiveMocha talvez seja o principal site de aprendizado de línguas disponível hoje. Conta com exercícios em diversos formatos, aperfeiçoados pelos próprios usuários. No caso das contas pagas, o usuário pode se tornar um professor no site.

16 - Busuu

Com uma proposta mais parecida com uma rede social, o Bussu tem uma espécie de comunicador instantâneo no próprio site, para que se possa conversar com um contato adicionado, tanto por texto quanto por vídeo.

 

Culinária

17 - Punchfork

O site traz uma lista incrível de receitas, mas o melhor são as categorias. Você pode visualizar todas as receitas ou separá-las por culinária vegetariana, vegan e ainda livre de glúten.

18 - Recepedia

Este é um projeto colaborativo de receitas bancado pela Unilever – portanto, está cheio de sugestões de uso dos produtos da marca. Mas, tirando esse jabá, tem bastante coisa legal e você pode incluir sua receita.

 

Agora não tem mais desculpa pra não fazer as coisas acontecerem. Tudo o que você precisa é de vontade – as ferramentas, como sempre, estão aí!

3 Comentários

  1. Jlo

    Muito indie da sua parte recomendar o Deviantart em 2012, rs. E uma gentileza falar do Garagem, que acabou agora e foi lindo :)



  2. Adriano Bomtempo

    Infelizmente ainda tenho bastante desse “usuário refém” da internet, que mal abre o navegador e já está na mesma meia dúzia de sites que sempre acessa.
    Eu não conhecia o LiveMocha! Agora não consigo mais sair de lá x) Valeu mesmo pelas dicas! Abração pra ti e pro Allan!



  3. O Design Sponge é vida… eu mesma estou pintando as paredes da minha casa do o Maurício e retocando umas coisas graças a eles!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar

Recent Activity